Evidência

Tabelas de evidência

Esta tabela é um sumário da análise relatada em uma Resposta Clínica Cochrane que enfoca a importante questão clínica acima.


A confiança na evidência é alta ou moderada a alta onde GRADE foi realizado e a intervenção é mais eficaz/benéfica do que a comparação para os principais desfechos.


População: Adultos com DPOC moderada a grave

Intervenção: Umeclidínio (uma vez ao dia via inalador de pó seco por 12-52 semanas)

Comparação: Placebo

DesfechoEficácia (classificação do BMJ)?Confiança na evidência (GRADE)?

Número de participantes com exacerbações exigindo corticosteroides, antibióticos ou ambos em 52 semanas

Intervenção favorável

Alto

Qualidade de vida em 24-52 semanas (medida pelo St George´s Respiratory Questionnaire [SGRQ])

Intervenção favorável

Moderado

Número de participantes com internação hospitalar devida a exacerbação da DPOC em 52 semanas (medido pelo Índice de Dispneia Transicional [TDI])

Nenhuma diferença estatisticamente significativa

Baixo

Melhora dos sintomas em 24 semanas

Intervenção favorável

Alto

Função pulmonar em 4-52 semanas

Intervenção favorável

Alto

Eventos adversos graves não fatais

Nenhuma diferença estatisticamente significativa

Moderado

Eventos adversos

Nenhuma diferença estatisticamente significativa

Moderado

Esta tabela de evidências está relacionada às seguintes seções:

Esta tabela é um sumário da análise relatada em uma Resposta Clínica Cochrane que enfoca a importante questão clínica acima.


A confiança nas evidências é moderada ou baixa a moderada quando GRADE foi realizado, e a intervenção pode ser mais eficaz/benéfica que a comparação para os desfechos principais.


População: Adultos com DPOC ᵃ

Intervenção: LAMA associado a BALD

Comparação: BALD associado a CI

DesfechoEficácia (classificação do BMJ)?Confiança na evidência (GRADE)?

Exacerbações em 12 a 52 semanas

Intervenção favorável

Baixo

Efeitos adversos graves em 12 a 52 semanas

Nenhuma diferença estatisticamente significativa

Moderado

Alteração no escore total do Questionário Respiratório de St George (SGRQ) da linha basal em 12 a 52 semanas

Nenhuma diferença estatisticamente significativa

Baixo

Melhora no escore total do SGRQ da linha basal (≥4 unidades) (acompanhamento de 24 a 52 semanas)

Intervenção favorável

Moderado

Alteração no volume expiratório forçado no primeiro segundo (VEF1) da linha basal (acompanhamento de 12 a 52 semanas)

Intervenção favorável

Moderado

Pneumonia (acompanhamento de 12 a 52 semanas)

Intervenção favorável

Baixo

Mortalidade por todas as causas (acompanhamento de 12 a 52 semanas)

Nenhuma diferença estatisticamente significativa

Baixo

Hospitalizações por exacerbação da DPOC

-

Não há dados sobre esse desfecho

Nota

ᵃ Diagnóstico feito de acordo com as diretrizes sobre doença obstrutiva crônica do pulmão (DOCP). Na maioria dos estudos incluídos, a população era formada por indivíduos com DPOC moderada a grave sem exacerbações recentes.

Esta tabela de evidências está relacionada às seguintes seções:

Esta tabela é um sumário da análise relatada em uma Resposta Clínica Cochrane que enfoca a importante questão clínica acima.


A confiança na evidência é alta ou moderada a alta onde GRADE foi realizado e a intervenção é mais eficaz/benéfica do que a comparação para os principais desfechos.


População: Adultos com DPOC

Intervenção: MID ᵃ

Comparação: Cuidados habituais (consultas regulares de acompanhamento com profissionais da saúde)

DesfechoEficácia (classificação do BMJ)?Confiança na evidência (GRADE)?

Qualidade de vida (>6 a 15 meses): Questionário Respiratório de St George (SGRQ) ᵇ

Intervenção favorável

Moderado

Capacidade funcional de exercícios (>6 a 15 meses)

Intervenção favorável

Moderado

Internações hospitalares por causas respiratórias (12 meses)

Intervenção favorável

Alto

Todas as internações hospitalares

Intervenção favorável

Moderado

Dias de internação por paciente (todas as causas)

Intervenção favorável

Moderado

Visitas ao pronto-socorro

Intervenção favorável

Moderado

Número de pacientes que apresentam ≥1 exacerbação

Nenhuma diferença estatisticamente significativa

Avaliação GRADE não realizada para este desfecho

Mortalidade

Nenhuma diferença estatisticamente significativa

Avaliação GRADE não realizada para este desfecho

Necessidade de pelo menos um ciclo de esteroides orais

Nenhuma diferença estatisticamente significativa

Avaliação GRADE não realizada para este desfecho

Necessidade de pelo menos um ciclo de antibióticos

Nenhuma diferença estatisticamente significativa

Avaliação GRADE não realizada para este desfecho

Nota

A revisão Cochrane que dá respaldo a esta Resposta Clínica Cochrane (RCC) observa que os efeitos do MID são melhores em curto e médio prazo e que o tamanho do efeito foi diferente entre os estudos e intervenções incluídos. O manejo integral da doença (MID) deve ser cuidadosamente desenvolvido e avaliado, com diferentes componentes relacionados aos objetivos pessoais do paciente.

ᵃ Inclusive intervenções organizacionais, profissionais, voltadas para o paciente e financeiras em ambientes de cuidados com a saúde primários, secundários e terciários. Consulte a RCC e a revisão Cochrane subjacente para obter mais informações sobre intervenções específicas e os componentes dominantes dos programas de MID.

ᵇ Embora seja estatisticamente significativo, este resultado quase não alcançou a diferença clinicamente importante mínima. A RCC também relata uma análise de subgrupo sobre a qualidade de vida medida pelo Questionário Respiratório Crônico. No entanto, isso só foi relatado em dois estudos, e a análise foi insuficiente.

Esta tabela de evidências está relacionada às seguintes seções:

Respostas Clínicas Cochrane

  • What are the effects of integrated disease management (IDM) interventions for people with chronic obstructive pulmonary disease (COPD)?
    Show me the answer
  • How does umeclidinium bromide compare with placebo for people with chronic obstructive pulmonary disease (COPD)?
    Show me the answer
  • How does long-acting muscarinic antagonist (LAMA) plus long-acting beta-agonist (LABA) compare with LABA plus inhaled corticosteroid (ICS) for people with stable chronic obstructive pulmonary disease (COPD)?
    Show me the answer
  • How does tiotropium compare with ipratropium bromide for people with chronic obstructive pulmonary disease (COPD)?
    Show me the answer
  • How does a combined inhaler with once‐daily long‐acting beta2‐agonist (LABA) plus a long‐acting muscarinic antagonist (LAMA) compare with placebo for adults with chronic obstructive pulmonary disease (COPD)?
    Show me the answer
  • What are the longer-term (>6 months) effects of inhaled corticosteroids in people with stable chronic obstructive pulmonary disease?
    Show me the answer
  • What are the effects of long‐acting inhaled therapies for adults with chronic obstructive pulmonary disease (COPD)?
    Show me the answer
  • In people with chronic obstructive pulmonary disease (COPD), what are the effects of combined corticosteroid and long-acting beta-agonist (LABA) in one inhaler versus LABA alone?
    Show me the answer
  • How do phosphodiesterase‐4 inhibitors compare with placebo for people with chronic obstructive pulmonary disease?
    Show me the answer
  • What are the effects of prophylactic antibiotics for people with chronic obstructive pulmonary disease (COPD)?
    Show me the answer
  • What are the effects of influenza vaccine in people with chronic obstructive pulmonary disease (COPD)?
    Show me the answer
  • For people with chronic bronchitis or chronic obstructive pulmonary disease, how do mucolytic agents compare with placebo?
    Show me the answer
  • What are the effects of pulmonary rehabilitation after exacerbation in people with chronic obstructive pulmonary disease?
    Show me the answer
  • How does bronchoscopic lung volume reduction compare with medical therapy in people with chronic obstructive pulmonary disease?
    Show me the answer
  • How do statins compare with placebo for people with chronic obstructive pulmonary disease (COPD)?
    Show me the answer
  • How does lung volume reduction surgery compare with usual medical care in people with diffuse emphysema?
    Show me the answer

O uso deste conteúdo está sujeito ao nosso aviso legal