Prognóstico

A recuperação em casos de lesão renal aguda (LRA) é variável e depende da causa da lesão e da gravidade e duração da LRA.[117]

Há uma associação independente da LRA com um risco maior de morte.[10][117][118] Taxas de mortalidade intra-hospitalar associadas a LRA variam de 6% a 80%, e há um aumento da mortalidade em longo prazo em pessoas com LRA que sobrevivem após hospitalização.[118]

Até 6% dos pacientes internados em unidades de terapia intensiva (UTI) apresentam LRA que requer terapia renal substitutiva (TRS).[17][117][119] No hospital, quando a LRA requer diálise, a mortalidade excede 50%, especialmente nos quadros com insuficiência de múltiplos órgãos.[14][17][119] As taxas de mortalidade são altas por conta da morte decorrente de doença subjacente e complicações, não apenas por LRA.

Em pacientes com LRA que requer TRS, as taxas de sobrevida em cinco anos variam de 15% a 35% (menos de 10% desses pacientes são dependentes de diálise).[120]

A LRA é irreversível em aproximadamente 5% a 7% dos adultos e em até 16% dos pacientes idosos.[121] Há controvérsia quanto à possibilidade de a LRA prévia ser um fator de risco importante que cause doença renal crônica futura, mas há evidências crescentes de forte associação.[122][123][124]

O uso deste conteúdo está sujeito ao nosso aviso legal