Novos tratamentos

Novos agentes terapêuticos

Foi feita uma revisão sobre o uso de outros agentes terapêuticos lançados recentemente, incluindo o peptídeo natriurético atrial, a teofilina, fator de crescimento semelhante à insulina, fator de crescimento epidérmico, depuradores de radicais livres de oxigênio, anticorpos contra moléculas de adesão e prostaglandinas. Nenhum deles mostrou ser benéfico para LRA humana.[18] O efeito protetor das estatinas (administradas antes da intervenção ou cronicamente) é discutido,[104][105][106] [ Cochrane Clinical Answers logo ] mas os resultados de estudos recentes são decepcionantes.[107][108][109] A hipotermia controlada e a infusão de fosfatase alcalina recombinante podem ser benéficas.[110][111] Entretanto, a eritropoetina não demonstrou nenhum efeito nefroprotetor,[112] e o tratamento com hormônio tireoidiano parece estar associado a desfechos piores que outros tratamentos possíveis para pacientes com LRA estabelecida; seu papel na prevenção da LRA não foi devidamente investigado.[113] O pré-condicionamento isquêmico remoto pareceu ser promissor na prevenção da LRA, mas duas revisões sistemáticas (incluindo mais de 28 ensaios clínicos randomizados e controlados [ECRCs]) põem em dúvida o valor desse tratamento.[114][115][116] [ Cochrane Clinical Answers logo ]

O uso deste conteúdo está sujeito ao nosso aviso legal