Última revisão: 5 Fev 2021
Última atualização: 08 Set 2020
26 Nov 2020

FDA aprova o primeiro tratamento para infecção pelo vírus Ebola

A Food and Drug Administration (FDA) dos EUA aprovou o atoltivimabe/maftivimabe/odesivimabe, anteriormente conhecido como REGN-EB3, para o tratamento da infecção pelo ebolavirus do Zaire em adultos e crianças.

Os três anticorpos monoclonais da mistura têm como alvo a glicoproteína que fica na superfície do vírus Ebola. Os anticorpos se ligam simultaneamente à glicoproteína e bloqueiam a ligação e a entrada do vírus nas células.

A aprovação se baseia nos resultados do ensaio clínico PALM, um ensaio clínico randomizado controlado, aberto e multicêntrico, bem como parte de um programa de acesso expandido realizado na República Democrática do Congo durante o surto de 2018. Aproximadamente 33% dos pacientes que receberam atoltivimabe/maftivimabe/odesivimabe morreram após 28 dias, em comparação com 51% dos pacientes do grupo controle.[157]

Os efeitos adversos mais comuns são febre/calafrios, taquicardia, taquipneia e vômitos.

A FDA também aprovou a primeira vacina para a infecção pelo vírus Ebola no fim de 2019.

Ver Tratamento: novidades

Fonte original da atualizaçãoexternal link opens in a new window

Resumo

Definição

História e exame físico

Principais fatores diagnósticos

  • presença de fatores de risco
  • exposição ao vírus Ebola nos últimos 21 dias
  • febre
  • mialgia
  • hiperemia conjuntival

Outros fatores diagnósticos

  • fadiga
  • anorexia
  • diarreia
  • vômitos
  • cefaleia intensa
  • dor abdominal ou pirose
  • tosse, dispneia, dor torácica
  • faringite
  • prostração
  • taquipneia
  • exantema maculopapular
  • sangramento
  • hepatomegalia
  • linfadenopatia
  • soluços
  • taquicardia
  • hipotensão
  • sinais neurológicos

Fatores de risco

  • morar, trabalhar ou chegar de uma área endêmica nos últimos 21 dias
  • contato com fluidos corporais infectados
  • exposição ocupacional
  • hábito de comer carne de caça ou consumo de carne de animais infectados (ou potencialmente infectados)
  • bioterrorismo

Investigações diagnósticas

Primeiras investigações a serem solicitadas

  • reação em cadeia da polimerase via transcriptase reversa (RT-PCR)
  • investigações para malária

Investigações a serem consideradas

  • níveis de eletrólitos séricos
  • creatinina sérica e ureia
  • lactato sanguíneo
  • gasometria arterial
  • Hemograma completo
  • exames de coagulação
  • urinálise
  • TFHs
  • nível de amilase sérica
  • glicemia sérica
  • hemoculturas
  • ELISA de captura de antígeno
  • anticorpos do tipo imunoglobulina G (IgG) e imunoglobulina M (IgM)
  • radiografia torácica

Novos exames

  • testes rápidos à beira do leito

Algoritmo de tratamento

Colaboradores

Senior Lecturer (Honorary Consultant)

Liverpool School of Tropical Medicine and Royal Liverpool University Hospital

Liverpool

UK

Declarações

NJB is an author of several references cited in this monograph. NJB is partially supported by the National Institute of Health Research Health Protection Unit in Emerging and Zoonotic Infections at the University of Liverpool and Public Health England. He is affiliated with the Liverpool School of Tropical Medicine. Views expressed in this monograph are those of the contributor and do not necessarily represent the official position of the National Health Service, the National Institute for Health Research, the Department of Health, or Public Health England.

Specialist Trainee in Infectious Diseases

Royal Liverpool University Hospital

Liverpool

UK

Declarações

MF declares that he has no competing interests.

Wellcome Trust/MoD Research Fellow

Liverpool School of Tropical Medicine

Liverpool

UK

Declarações

TEF is an author of a number of references cited in this monograph. TEF is a consultant/expert panel member to the World Health Organization, and is funded by the UK Surgeon General and the Wellcome Trust. TEF has received research grants from the Medical Research Council and the UK Public Health Rapid Support Team (UK-PHRST).

Clinical Lecturer

University College London

Honorary Clinical Lecturer

London School of Hygiene and Tropical Medicine

London

UK

Declarações

CFH declares that she has no competing interests.

Dr Nicholas J. Beeching, Dr Manuel Fenech, Dr Tom E. Fletcher, and Dr Catherine F. Houlihan would like to thank Dr Colin Brown (Infectious Disease Lead, Kings Sierra Leone Partnership) for his helpful comments and insights. CB declares that he has no competing interests.

RevisoresVER TUDO

Wade Hampton Frost Professor of Epidemiology

Professor of Medicine, Microbiology, and Pathology

Chief

Division of Infectious Diseases and International Health

University of Virginia

Charlottesville

VA

Declarações

WAP declares that he has no competing interests.

Professor of Medicine and Epidemiology

UT Health Medical School

Medical Director of Epidemiology

Memorial Hermann Texas Medical Center

Houston

TX

Declarações

LO-Z declares that he has no competing interests.

Consultant in Microbiology and Infectious Diseases

Royal Free London NHS Foundation Trust

London

UK

Declarações

SM declares that he has no competing interests.

O uso deste conteúdo está sujeito ao nosso aviso legal