Discussões ao paciente

  • O médico deve aconselhar o paciente e/ou os cuidadores de que é importante ter uma dieta saudável e fazer refeições em intervalos regulares. O encaminhamento para um nutricionista ou nutrólogo pode ser útil no planejamento de uma dieta.

  • Os pacientes devem ser aconselhados a fazer exercícios. Eles devem aumentar a quantidade lentamente. Se o clima estiver muito quente ou muito frio, eles poderão caminhar em um ambiente fechado ou shopping. Os pacientes talvez precisem tomar menos insulina ou comer um lanche antes de fazer exercício. Eles também devem ser aconselhados a medir a glicemia antes e depois dos exercícios. Os pacientes com neuropatia periférica devem praticar exercícios de baixo impacto como natação, ciclismo ou exercícios para os braços.

  • O médico deve ajudar o paciente a planejar com que frequência é necessário verificar a glicemia. Os horários mais prováveis devem ser antes de cada refeição e ao deitar. Os pacientes também podem fazer medições 2 horas depois das refeições e ao praticar exercícios.

  • Os pacientes devem fazer geralmente um exame de HbA1c a cada 3 meses.

  • Os pacientes devem ser avisados de que poderá ocorrer hipoglicemia se eles pularem uma refeição, tomarem muita insulina, praticarem exercícios ou ficarem doentes. O consumo de bebidas alcoólicas e exercício podem causar hipoglicemia protelada, que pode aparecer mesmo até 24 horas depois. Eles devem ser orientados com descrições dos sintomas, incluindo sensação de muita fome, nervoso, agitação, suor, vertigem ou confusão. Para aumentar a glicemia, os pacientes podem tomar comprimidos ou géis de glicose, ou beber leite ou suco, dependendo do grau de diminuição dos níveis glicêmicos. Os pacientes devem consultar o médico para ajustar o medicamento caso ocorra hipoglicemia. Um kit de glucagon deve ser prescrito para emergências em caso de hipoglicemia grave ou quando o paciente estiver impedido de beber ou comer. Os familiares e colegas de trabalho devem ser instruídos sobre como administrar isso. Para crianças, a equipe da escola e do acampamento e os cuidadores devem ser treinados para saber como lidar com episódios de hipoglicemia.

  • A American Diabetes Association (ADA) define a hipoglicemia de nível 1 como ≥3.0 mmol/L, mas <3.9 mmol/L (≥54 mg/dL , mas <70 mg/dL), requerendo tratamento com carboidrato de ação rápida e ajuste na dose de terapia de redução da glicose. A hipoglicemia de nível 2 (clinicamente significativa) é definida como <3.0 mmol/L (<54 mg/dL). A hipoglicemia de nível 3 (grave) é definida como qualquer nível glicêmico que cause comprometimento cognitivo para o qual é necessário auxílio de outra pessoa na recuperação.[1]

  • Os pacientes devem discutir sua necessidade de insulina com o médico antes de pular qualquer refeição, por exemplo, para um exame médico.

  • Os pacientes também devem ser informados sobre os sintomas de hiperglicemia, incluindo visão turva, sede, micção frequente ou cansaço, e devem procurar o médico imediatamente se algum deles ocorrer. Os pacientes também deverão buscar atendimento médico se desenvolverem febre, tosse, disúria ou feridas nos pés. Se os pacientes estiverem doentes ou obtiverem glicemia capilar >250 mg/dL (>13.9 mmol/L) em 2 medições pré-prandiais sucessivas de punção digital, deverão verificar as cetonúrias e procurar o médico se o resultado for positivo.

  • Se os pacientes fumarem, deverão ser aconselhados a parar e informados sobre os tratamentos apropriados conforme necessário.

  • O médico deve verificar o colesterol e a pressão arterial dos pacientes e avaliar a neuropatia regularmente.

  • O cronograma de vacinação dos pacientes deve estar atualizado.

  • Os pacientes devem ser incentivados a falar sobre qualquer sensação de depressão com os médicos para que o tratamento apropriado possa ser oferecido.

  • As crianças podem participar de todas as atividades em casa ou na escola. Os membros da equipe da escola ou do acampamento devem ajudar nas necessidades da criança, incluindo a medição da glicemia, a administração de insulina conforme necessário, refeições regulares e o tratamento de baixo nível de açúcar no sangue.

  • Informações adicionais estão disponíveis no site da ADA. American Diabetes Association external link opens in a new window

O uso deste conteúdo está sujeito aos nossos avisos legais