Complicações

Complicações table
ComplicaçãoPeríodo de execuçãoProbabilidade

degeneração progressiva após intervenção cirúrgica, causando doença em níveis adjacentes

longo prazomédio

Os riscos cirúrgicos em longo prazo incluem a alteração dos aspectos mecânicos da função da articulação cervical (por exemplo, por fusão, remoção parcial) e, possivelmente, aumentam o ritmo da degeneração transferindo o estresse para os segmentos adjacentes.[21]

Uma vez que um único nível é tratado cirurgicamente para os sintomas, o paciente tem maior risco de evoluir para a progressão em longo prazo nos níveis adjacentes ou a instabilidade em níveis previamente tratados. O único método para evitar isso seria a fusão de múltiplos níveis, mas isto resulta em perda significativa de movimento. Níveis adjacentes sempre podem deteriorar.

mielopatia aguda ou quadriplegia

variávelbaixo

Ocorre em apenas uma fração muito pequena (<0.1%) dos pacientes com espondilose cervical, embora possa resultar em quadriplegia. Como acontece com qualquer lesão da medula espinhal, os cuidados com a respiração, pele, função intestinal e função da bexiga são particularmente importantes. A função neurológica tende a melhorar ao longo do tempo com a reabilitação. Ocasionalmente, a descompressão cirúrgica pode ser indicada.

O uso deste conteúdo está sujeito aos nossos avisos legais