Infecção por vírus da imunodeficiência humana (HIV) na gestação

Última revisão: 25 Abr 2022
Última atualização: 06 Abr 2021

Resumo

Definição

História e exame físico

Principais fatores diagnósticos

  • aumento do risco de infecção materna pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV)
  • aumento do risco de transmissão de HIV perinatal
Mais principais fatores diagnósticos

Outros fatores diagnósticos

  • candidíase oral
  • aumento da dispneia
  • perda de peso
  • febre
  • mal-estar
  • linfadenopatia
  • exantema maculopapular que clareia com a pressão
Outros fatores diagnósticos

Fatores de risco

  • compartilhamento de agulha com uso de drogas injetáveis
  • penetração peniana-vaginal receptiva
  • penetração anal receptiva sem proteção
  • picada com agulha percutânea
  • infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) e vaginose bacteriana
  • alta carga viral materna (transmissão perinatal)
  • ausência de terapia antirretroviral pré-natal materna (transmissão perinatal)
  • amamentação (transmissão perinatal)
  • violência contra mulheres e meninas
  • penetração oral receptiva
  • penetração oral insertiva
  • múltiplos parceiros sexuais
  • baixa contagem materna de CD4 (transmissão perinatal)
Mais fatores de risco

Investigações diagnósticas

Primeiras investigações a serem solicitadas

  • ensaio de imunoadsorção enzimática (ELISA) com antígeno/anticorpo anti-HIV-1 (vírus da imunodeficiência humana-1)/HIV-2 materno
  • imunoensaio diferencial com anticorpo anti-HIV-1/HIV-2 materno
  • reação em cadeia da polimerase do ácido desoxirribonucleico (DNA) ou do ácido ribonucleico (RNA) do HIV neonatal
Mais primeiras investigações a serem solicitadas

Investigações a serem consideradas

  • Western blot para HIV-1
  • ensaio de imunofluorescência indireta para HIV-1
  • teste de ácido nucleico (NAT) do HIV-1
  • contagem de CD4
  • níveis plasmáticos de RNA do HIV (carga viral)
  • testes de função renal
  • testes da função hepática
  • teste de resistência a medicamentos (genotipagem)
  • hemograma completo
  • rastreamento de glicose
  • ultrassonografia fetal
  • testes para coinfecção
Mais investigações a serem consideradas

Algoritmo de tratamento

Aguda

Gestantes infectadas por HIV-1: <38 semanas que não estejam em trabalho de parto (independentemente do nível de RNA do HIV)

gestantes infectadas pelo vírus da imunodeficiência humana-1 (HIV-1) com níveis de ácido ribonucleico (RNA) do HIV-1 >1000 cópias/mL: em 38 semanas ou em trabalho de parto

gestantes infectadas pelo vírus da imunodeficiência humana-1 (HIV-1) com níveis de ácido ribonucleico (RNA) do HIV-1 ≤1000 cópias/mL: em 38 semanas ou em trabalho de parto

lactentes nascidos de mães infectadas pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV)

Colaboradores

Autores

Rachel K. Scott, MD, MPH, FACOG

Assistant Professor of Obstetrics and Gynecology

Georgetown University School of Medicine

Scientific Director of Women’s Health Research

MedStar Health Research Institute

Associate Chair for Research and Director

Women's Center for Positive Living

MedStar Washington Hospital Center Department of Women’s and Infants’ Services

Washington

DC

Declarações

RKS declares that she is an investigator on ViiV and Gilead Investigator Sponsored Research Awards managed through MedStar Health Research Institute.

Agradecimentos

Dr Rachel K. Scott would like to gratefully acknowledge Dr Isaac Delke, Dr Christina Bailey, and Dr Mettassebia Kano, the previous contributors to this topic.

Declarações

ID, CB, and MK declare that they have no competing interests.

Revisores

Aisha Sethi, MD

Assistant Professor of Medicine

Associate Residency Program Director

University of Chicago

Chicago

IL

Declarações

AS declares that she has no competing interests.

Graham P. Taylor, MBChB, FRCP, FHEA

Reader in Communicable Diseases

Faculty of Medicine

Imperial College

London

UK

Declarações

GPT has been reimbursed by various pharmaceutical companies for attending conferences, lecturing, and consulting, and has been chief investigator of investigator-initiated industry-funded research on HIV and pregnancy.

  • Diagnósticos diferenciais

    • Mononucleose infecciosa
    • Toxoplasmose
    • Hepatite viral
    Mais Diagnósticos diferenciais
  • Diretrizes

    • Recommendations for the use of antiretroviral drugs during pregnancy and interventions to reduce perinatal HIV transmission in the United States
    • Sexually transmitted infections treatment guidelines
    Mais Diretrizes
  • Folhetos informativos para os pacientes

    Infecção por vírus da imunodeficiência humana (HIV) na gestação

    Mais Folhetos informativos para os pacientes
  • padlock-lockedConectar-se ou assinar para acessar todo o BMJ Best Practice

O uso deste conteúdo está sujeito ao nosso aviso legal