Prognóstico

A taxa de mortalidade é de 5% em centros especializados. O óbito é raramente causado por complicações metabólicas da hiperglicemia ou cetoacidose, mas está relacionado a doenças subjacentes. O prognóstico é substancialmente agravado nas extremidades etárias e na presença de coma e hipotensão.[1]

O uso deste conteúdo está sujeito aos nossos avisos legais