Infecções do trato urinário em crianças

Última revisão: 3 Set 2022
Última atualização: 26 Abr 2022

Resumo

Definição

História e exame físico

Principais fatores diagnósticos

  • presença de fatores de risco
  • febre >39°C (>102.2°F)
  • irritabilidade (neonatos e lactentes)
  • baixa aceitação alimentar (neonatos e lactentes)
  • sensibilidade suprapúbica
  • sensibilidade no ângulo costovertebral
Mais principais fatores diagnósticos

Outros fatores diagnósticos

  • urina de odor pútrido (lactentes, crianças maiores e adolescentes)
  • disúria (idade pré-escolar, crianças maiores e adolescentes)
  • polaciúria (crianças maiores e adolescentes)
  • dor abdominal/no flanco (lactentes, crianças maiores e adolescentes)
  • vômitos
  • aparência doente (neonatos)
  • hematúria macroscópica (crianças maiores e adolescentes)
  • novo episódio de incontinência urinária (crianças menores, crianças mais velhas e adolescentes)
Outros fatores diagnósticos

Fatores de risco

  • idade <1 ano
  • sexo feminino
  • crianças brancas
  • meninos incircuncisos no primeiro ano de vida
  • ITU prévia
  • disfunção da bexiga ou do intestino
  • refluxo vesicoureteral
  • atividade sexual
  • ausência de história de amamentação
  • anormalidades anatômicas ou cirurgia prévia do trato urinário
  • imunossupressão
  • desnutrição energético-proteica
Mais fatores de risco

Investigações diagnósticas

Primeiras investigações a serem solicitadas

  • tira reagente para exame de urina
  • microscopia da urina
  • urocultura
Mais primeiras investigações a serem solicitadas

Investigações a serem consideradas

  • hemocultura
  • hemograma completo
  • marcadores inflamatórios
  • Análise do líquido cefalorraquidiano (LCR)
  • urocultura para fungo
  • creatinina sérica, ureia e eletrólitos
  • ultrassonografia renal
  • cintigrafia com ácido dimercaptossuccínico (DMSA)
  • cistouretrografia miccional
  • tomografia computadorizada (TC) abdominal (com contraste)
  • ressonância nuclear magnética (RNM) abdominal (com contraste)
Mais investigações a serem consideradas

Novos exames

  • urinálise ampliada

Algoritmo de tratamento

Inicial

refluxo vesicoureteral: sem história de ITUs febris

Aguda

idade ≤2 meses

idade >2 meses

Contínua

ITUs recorrentes

Colaboradores

Autores

Joana Dos Santos, MD, MHSc, FRCPC

Assistant Professor of Pediatrics

Staff Medical Urologist

The Hospital for Sick Children

Toronto

Ontario

Canada

Declarações

JDS declares that she has no competing interests.

Agradecimentos

Dr Joana Dos Santos would like to gratefully acknowledge Dr Beatrice Goilav, Dr Frederick Kaskel, Dr Mary Anne Jackson, and Dr Rene VanDeVoorde, previous contributors to this topic.

Declarações

BG, FK, MAJ, and RV declare that they have no competing interests.

Revisores

Martin Koyle, MD, MSc, FAAP, FACS, FRCS(Eng), FRCSC

Professor

Department of Surgery and Institute of Health Policy, Management and Evaluation

Staff Pediatric Urologist

The Hospital for Sick Children

Toronto

Ontario

Canada

Declarações

MK declares that he has no competing interests.

Daniel T. Keefe, MD, FRCSC

Pediatric Urology Fellow

The Hospital for Sick Children

Toronto

Ontario

Canada

Declarações

DTK declares that he has no competing interests.

  • Infecções do trato urinário em crianças images
  • Diagnósticos diferenciais

    • Apendicite
    • Gastroenterite
    • Doença de Kawasaki
    Mais Diagnósticos diferenciais
  • Diretrizes

    • Urinary tract infection in under 16s: diagnosis and management
    • Evaluation and management of well-appearing febrile infants 8 to 60 days old
    Mais Diretrizes
  • Folhetos informativos para os pacientes

    Infecções do trato urinário em crianças

    Mais Folhetos informativos para os pacientes
  • padlock-lockedConectar-se ou assinar para acessar todo o BMJ Best Practice

O uso deste conteúdo está sujeito ao nosso aviso legal