Amigdalite

Última revisão: 28 Dez 2022
Última atualização: 25 Jan 2023
25 Jan 2023

Altas taxas de infecção por estreptococo do grupo A na Inglaterra

Em um relatório da Agência de Vigilância Sanitária do Reino Unido (UKHSA), as notificações de escarlatina e doença invasiva por estreptococo do grupo A (iGAS) na Inglaterra estão maiores do que o esperado para esta época do ano.

Recomenda-se o tratamento imediato de crianças com escarlatina com antibióticos para reduzir o risco de possíveis complicações e limitar a transmissão futura. Se houver incerteza sobre o diagnóstico, obtenha um swab faríngeo antes de iniciar os antibióticos. Crianças com escarlatina devem ficar em casa até 24 horas após receberem o tratamento com antibióticos.

Escarlatina:

  • Cerca de 90% dos casos ocorrem em crianças menores de 10 anos

  • Geralmente uma doença leve, mas altamente infecciosa

  • Apresenta-se com um rash eritematoso generalizado, que parece uma lixa

  • Frequentemente precedida por dor de garganta (faringite, amigdalite)

  • Eritema faríngeo com exsudatos, petéquias palatinas e língua vermelha e edemaciada (em morango) são características sugestivas.

Infecção invasiva por estreptococo do grupo A:

  • As taxas relativamente mais altas de iGAS em crianças nesta temporada podem refletir taxas aumentadas de uma infecção viral anterior (incluindo vírus respiratórios e varicela)

  • Os médicos são aconselhados a manter um alto índice de suspeita, pois o reconhecimento precoce e o início imediato de terapia específica e de suporte para pacientes com infecção por iGAS podem salvar vidas.

Informações adicionais da UKHSA:

Fonte original da atualização

Resumo

Definição

História e exame físico

Principais fatores diagnósticos

  • presença de fatores de risco
  • dor ao deglutir
  • febre (>38 °C [>100.5 °F])
  • exsudato tonsilar
Mais principais fatores diagnósticos

Outros fatores diagnósticos

  • início súbito de faringite
  • cefaleia
  • dor abdominal
  • náuseas e vômitos
  • presença de tosse ou coriza
  • eritema tonsilar
  • aumento tonsilar
  • aumento dos linfonodos cervicais anteriores
Outros fatores diagnósticos

Fatores de risco

  • idade entre 5 e 15 anos
  • contato com pessoas infectadas em ambientes fechados (por exemplo, creche, escola, prisão)
Mais fatores de risco

Investigações diagnósticas

Primeiras investigações a serem solicitadas

  • cultura faríngea
  • teste rápido de detecção do antígeno estreptocócico
Mais primeiras investigações a serem solicitadas

Investigações a serem consideradas

  • teste sorológico para estreptococos
  • contagem leucocitária total e diferencial
  • anticorpos heterófilos
  • culturas vaginais e cervicais (ou penianas) e retais
  • teste da carga viral do vírus da imunodeficiência humana (HIV)
  • radiografia cervical de vista lateral, com exposição dos tecidos moles
Mais investigações a serem consideradas

Algoritmo de tratamento

Aguda

amigdalite aguda não causada por infecção por estreptococos beta-hemolíticos do grupo A

amigdalite aguda causada por infecção por estreptococos beta-hemolíticos do grupo A

Contínua

episódios recorrentes de amigdalite

Colaboradores

Autores

Christos Georgalas, PhD, DLO, FRCS (ORL-HNS)
Christos Georgalas

Professor of Surgery - Head and Neck

University of Nicosia

Cyprus

Declarações

CG declares that he has no competing interests.

Eleftherios Margaritis, PhD, MSc, MD
Eleftherios Margaritis

Otolaryngologist - Head and Neck Surgeon

Collaborator in Otolaryngology

ENT Department

Hippokration University Hospital

Athens

Greece

Declarações

EM declares that he has no competing interests.

Revisores

Itzhak Brook, MD, MSc

Professor of Pediatrics and Medicine

Georgetown University

Washington

DC

Declarações

IB declares that he has no competing interests.

Chris Del Mar, MB BChir, FRACGP MD, MA, FAFPHM

Dean

Faculty of Health Sciences and Medicine

Bond University

Gold Coast

Queensland

Australia

Declarações

CDM is an author of a number of references cited in this topic.

  • Amigdalite images
  • Diagnósticos diferenciais

    • Mononucleose infecciosa
    • Epiglotite
    • Abscesso peritonsilar (esquinência)
    Mais Diagnósticos diferenciais
  • Diretrizes

    • Clinical practice guideline: tonsillectomy in children (update)
    • Sore throat (acute): antimicrobial prescribing
    Mais Diretrizes
  • Folhetos informativos para os pacientes

    Faringite

    Amigdalite

    Mais Folhetos informativos para os pacientes
  • Calculadoras

    Critérios de Avaliação e Tratamento da Faringite (McIsaac)

    Mais Calculadoras
  • padlock-lockedConectar-se ou assinar para acessar todo o BMJ Best Practice

O uso deste conteúdo está sujeito ao nosso aviso legal