Síndrome da banda iliotibial

Última revisão: 26 Abr 2022
Última atualização: 07 Ago 2018

Resumo

Definição

História e exame físico

Principais fatores diagnósticos

  • dor aguda ou ardência acima da interlinha articular lateral
  • teste de Noble positivo
  • teste de Ober positivo
  • teste de Thomas modificado positivo
Mais principais fatores diagnósticos

Outros fatores diagnósticos

  • força do músculo abdutor do quadril reduzida
  • geno varo (arqueamento dos membros inferiores)
  • retropé e antepé varos
  • pés cavos (arcos altos)
  • epicôndilo femoral lateral proeminente, contratura excessiva do trato iliotibial e tensor da fáscia lata
  • fraqueza no glúteo médio, glúteo máximo e tensor da fáscia lata
  • contratura e fraqueza no quadríceps, trato iliotibial e retináculo lateral
  • dor ao sentar-se ou caminhar
  • edema local
  • crepitação
Outros fatores diagnósticos

Fatores de risco

  • atleta
  • contratura da banda iliotibial preexistente
  • alta quilometragem semanal
  • tempo gasto para caminhar ou correr em trilhas
  • treinamento intervalado
  • fraqueza muscular de extensores do joelho, flexores do joelho e abdutores do quadril
  • discrepâncias de comprimento de membros inferiores
  • largura da passada
  • corrida em declives
  • falta de experiência em corrida
  • aumento abrupto da distância ou frequência da corrida
  • corrida de longa distância
  • corrida em ritmo inadequado
  • uso de tênis de corrida desgastado
  • corrida em superfícies abauladas ou escorregadias
  • joelho varo em corredores do sexo masculino
  • fraqueza muscular nos músculos rotadores externos do quadril em corredores do sexo masculino
  • excessiva rotação interna do quadril em corredores do sexo masculino
Mais fatores de risco

Investigações diagnósticas

Primeiras investigações a serem solicitadas

  • diagnóstico clínico
Mais primeiras investigações a serem solicitadas

Investigações a serem consideradas

  • ressonância nuclear magnética (RNM) de joelho
  • ultrassonografia
Mais investigações a serem consideradas

Algoritmo de tratamento

Aguda

dor e inflamação

Contínua

remissão da dor e da inflamação

refratária ao tratamento conservador

Colaboradores

Autores

Bob Baker, PT, PhD, MBA, OCS
Bob Baker

Rehabilitation Services Manager

NorthBay Healthcare

Fairfield

CA

Declarações

RLB declares that he has no competing interests.

Jenson C. Mak, PhD, FRACP, FAFRM, FACP, MBBS
Jenson C. Mak

Rehabilitation Fellow

University of Sydney

Sydney

Australia

Declarações

JCM declares that he has no competing interests.

Michael Fredericson, MD, FACSM
Michael Fredericson

Professor of Orthopaedic Surgery

Stanford Medical Center

Stanford University

Stanford

CA

Declarações

MF declares that he has no competing interests.

Revisores

Robert Werner, MD

Professor

Chief of Physical Medicine and Rehabilitation

Ann Arbor VA Medical Center

Ann Arbor

MI

Declarações

RW has been reimbursed by the University of Michigan for attending several conferences and has been paid an honorarium for speaking at the American Association of Neuromuscular and Electrodiagnostic Medicine national meeting. RW has been paid by the National Institute for Occupational Safety and Health, the American Dental Association, and SmartHealth as a consultant and has received grant funding from the UAW/GM Health and Safety Board (over US$1 million).

  • Síndrome da banda iliotibial images
  • Diagnósticos diferenciais

    • Tendinopatia do bíceps femoral
    • Doença articular degenerativa
    • Entorse do ligamento colateral lateral (LCL)
    Mais Diagnósticos diferenciais
  • Diretrizes

    • ACR appropriateness criteria: nontraumatic knee pain
    • Practical management of iliotibial band friction syndrome in runners
    Mais Diretrizes
  • Videos

    Exame físico do joelho

    Mais videos
  • padlock-lockedConectar-se ou assinar para acessar todo o BMJ Best Practice

O uso deste conteúdo está sujeito ao nosso aviso legal