Última revisão: 17 Abr 2021
Última atualização: 05 GUA 2020

Resumo

Definição

História e exame físico

Principais fatores diagnósticos

  • presença de fatores de risco
  • cefaleia progressiva
  • cefaleia intensa
  • meningismo
  • sintomas de hidrocefalia (função cognitiva deficiente, confusão, distúrbios da marcha ou da coordenação e incontinência urinária)
  • alteração de personalidade ou comportamento
  • acuidade visual reduzida e papiledema

Outros fatores diagnósticos

  • náuseas ou vômitos
  • febre
  • rebaixamento do nível de consciência
  • paralisia de nervo craniano
  • convulsões
  • perda de peso
  • úlceras orais
  • sinais neurológicos focais
  • linfadenopatia, hepatoesplenomegalia
  • dispneia
  • lesões cutâneas umbilicadas papulares
  • defeitos retinais
  • escara nasal ou palatal

Fatores de risco

  • Infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV)
  • uso de corticosteroide
  • doença crônica subjacente (por exemplo, malignidade, insuficiência de órgãos, doença autoimune, transplante de órgãos)
  • residência ou visita ao norte da Austrália, Papua Nova Guiné ou Vancouver Island, Canadá
  • exposição a solo degradado, fezes de aves ou cavernas de morcegos
  • imunidade mediada por células prejudicada
  • filipinos e afro-americanos
  • neutropenia ou função fagocítica deficiente
  • neurocirurgia
  • lactentes e neonatos
  • cateteres vasculares centrais
  • doença sinonasal
  • uso de antibacterianos
  • cirurgia anterior
  • hiperalimentação
  • uso de substâncias por via intravenosa

Investigações diagnósticas

Primeiras investigações a serem solicitadas

  • tomografia computadorizada (TC) e/ou ressonância nuclear magnética (RNM) do crânio
  • hemoculturas para fungos (3 conjuntos)
  • teste de antígeno criptocócico sérico
  • Antígeno sérico + urinário para Histoplasma
  • testes de imunodifusão (imunoglobulina M [IgM] e imunoglobulina G [IgG]) e teste de fixação de complemento (IgG) para coccidioidomicose
  • pressão de abertura do líquido cefalorraquidiano
  • leucócitos do líquido cefalorraquidiano (LCR) e diferencial
  • proteína do líquido cefalorraquidiano (LCR)
  • glicose do líquido cefalorraquidiano (LCR)
  • coloração com tinta nanquim do líquido cefalorraquidiano
  • cultura do líquido cefalorraquidiano (LCR)
  • teste do antígeno polissacarídeo criptocócico no líquido cefalorraquidiano
  • antígeno para Histoplasma do líquido cefalorraquidiano
  • autoanticorpos para Histoplasma do líquido cefalorraquidiano
  • anticorpos IgG coccidioidais no líquido cefalorraquidiano
  • teste do antígeno galactomanana do líquido cefalorraquidiano (LCR)

Investigações a serem consideradas

  • histopatologia e cultura de biópsias: meníngea, cérebro, locais extraneurais envolvidos
  • reação em cadeia da polimerase

Novos exames

  • PET com 18F-fluordesoxiglucose (FDG)/TC
  • (1-3)-beta-D-glicano no líquido cefalorraquidiano (LCR)

Algoritmo de tratamento

Colaboradores

Consultant Neurologist

Clinical Lead of Neuroinflammation

Department of Neurology

Queen's Hospital

Romford

UK

Declarações

AC declares that he has no competing interests.

Dr Abhijit Chaudhuri would like to gratefully acknowledge Dr Thomas S. Harrison and Dr Angela Loyse, previous contributors to this topic.

Declarações

TSH and AL declare that they have no competing interests.

RevisoresVER TUDO

Associate Professor of Medicine

University of Southern California

Keck School of Medicine

Los Angeles

CA

Declarações

RAL declares that he has no competing interests.

O uso deste conteúdo está sujeito ao nosso aviso legal