Leucemia mieloide aguda

Última revisão: 26 Ago 2022
Última atualização: 04 Mar 2022

Resumo

Definição

História e exame físico

Principais fatores diagnósticos

  • palidez
  • equimoses ou petéquias
Mais principais fatores diagnósticos

Outros fatores diagnósticos

  • fadiga
  • tontura
  • palpitações
  • dispneia
  • infecções ou febre
  • linfadenopatia
  • hepatoesplenomegalia
  • sangramento das mucosas
  • massa testicular ou cutânea
  • infiltração na pele
  • aumento gengival
  • dor óssea
  • dor abdominal
Outros fatores diagnósticos

Fatores de risco

  • idade superior a 65 anos
  • tratamento prévio com quimioterapia
  • distúrbios hematológicos prévios
  • condições genéticas herdadas
  • anomalias cariotípicas constitucionais
  • exposição à radiação
  • exposição ao benzeno
  • exposições ambientais
  • sexo masculino
Mais fatores de risco

Investigações diagnósticas

Primeiras investigações a serem solicitadas

  • Hemograma completo com diferencial
  • esfregaço de sangue periférico
  • painel da coagulação
  • eletrólitos séricos e ácido úrico
  • função renal
  • TFHs
  • desidrogenase lática sérica
Mais primeiras investigações a serem solicitadas

Investigações a serem consideradas

  • aspirado de medula óssea e biópsia por trefina
  • imunofenotipagem (citometria de fluxo)
  • investigações citogenéticas e moleculares
  • punção lombar
  • tipagem do antígeno leucocitário humano (HLA)
  • radiografia torácica
  • ecocardiograma
  • angiografia sincronizada multinuclear
Mais investigações a serem consideradas

Algoritmo de tratamento

Aguda

LMA recém-diagnosticada: apto para quimioterapia padrão

LMA recém-diagnosticada: não apto para quimioterapia padrão

leucemia promielocítica aguda (LPA) de não alto risco recém-diagnosticada

leucemia promielocítica aguda (LPA) de alto risco recém-diagnosticada

Contínua

remissão completa: LMA

remissão completa: leucemia promielocítica aguda (LPA) de não alto risco

remissão completa: leucemia promielocítica aguda (LPA) de alto risco

LMA refratária ou recidivada

leucemia promielocítica aguda (LPA) recidivada ou refratária

Colaboradores

Autores

Kavita Raj, MD, MRCP, FRCPath, PhD

Consultant Haematologist

Guy's and St Thomas' NHS Trust

London

UK

Declarações

KR declares that she has no competing interests.

Priyanka Mehta, MD, FRCP, FRCPath

Consultant Haematologist

University Hospital Bristol

Bristol

UK

Declarações

PM declares that she has no competing interests.

Revisores

Rebecca Connor, MD

Chief Fellow

Section of Hematology and Oncology

Department of Internal Medicine

Wake Forest University Baptist Medical Center

Winston-Salem

NC

Declarações

RC declares that she has no competing interests.

Roger M. Lyons, MD, FACP

Clinical Professor of Medicine

University of Texas Health Science Center

San Antonio

Cancer Care Network of South Texas

San Antonio

TX

Declarações

RML declares that he has no competing interests.

Shankaranarayana Paneesha, MD, MRCP, FRCPath

Consultant Haematologist

Department of Haematology and Stem Cell Transplantation

Heartlands Hospital

Birmingham

UK

Declarações

SP declares that he has no competing interests.

David Marks, MD, MRCP, MRCPath

Professor of Haematology & Stem Cell Transplantation

Department of Molecular and Cellular Medicine

University of Bristol

UK

Declarações

DM declares that he has no competing interests.

O uso deste conteúdo está sujeito ao nosso aviso legal