Câncer colorretal

Última revisão: 4 Set 2022
Última atualização: 26 Mai 2022
26 Mai 2022

Recomendações para terapia adjuvante para câncer de cólon em estádio 2 da American Society of Clinical Oncology (ASCO)

A ASCO recomenda que a quimioterapia adjuvante deve ser oferecida a pacientes com câncer de cólon em estádio IIA e características de alto risco, e pacientes com câncer de cólon em estádio IIB e IIC.

As características de alto risco são: invasão perineural ou linfovascular, grau tumoral pouco diferenciado, grau tumoral indiferenciado, obstrução intestinal, perfuração tumoral, ≥10 brotamentos tumorais ou <12 linfonodos no espécime cirúrgico. O número de fatores de risco presentes deve ser considerado no processo de tomada de decisão compartilhada, pois a presença de mais de um fator de risco pode aumentar o risco de recorrência.

Aos pacientes com câncer de cólon em estádio IIA, estádio IIB ou estádio IIC de alto risco deve ser oferecida terapia por 3 a 6 meses, após uma discussão individualizada dos potenciais benefícios e danos do tratamento e sua duração.

A quimioterapia adjuvante não deve ser oferecida rotineiramente a pessoas com câncer de cólon em estádio IIA sem características de alto risco.

Ver Tratamento: abordagem

Fonte original da atualização

Resumo

Definição

História e exame físico

Principais fatores diagnósticos

  • presença de fatores de risco
  • idade mais avançada
  • sangramento retal
  • alteração no hábito intestinal
  • massa retal
  • história familiar positiva
  • massa abdominal
Mais principais fatores diagnósticos

Outros fatores diagnósticos

  • anemia
  • sexo masculino
  • dor abdominal
  • perda de peso e anorexia
  • distensão abdominal
  • linfonodos palpáveis
Outros fatores diagnósticos

Fatores de risco

  • idade mais avançada
  • história familiar
  • mutação de polipose adenomatosa do cólon
  • Síndrome de Lynch (câncer colorretal hereditário sem polipose)
  • Polipose associada ao MYH/MUTYH
  • síndromes da polipose hamartomatosa
  • doença inflamatória intestinal
  • obesidade
  • acromegalia
  • atividade física limitada
  • ausência de fibras alimentares
Mais fatores de risco

Investigações diagnósticas

Primeiras investigações a serem solicitadas

  • hemograma completo
  • bioquímica hepática
  • função renal
  • colonoscopia
  • colonografia por TC
  • enema de bário com duplo contraste
  • TC do tórax, abdome e pelve
  • teste genético
Mais primeiras investigações a serem solicitadas

Investigações a serem consideradas

  • Protocolo para RNM de pelve para câncer retal
  • ultrassonografia endoscópica transrretal
  • biópsia
  • antígeno carcinoembriogênico
  • tomografia por emissão de pósitrons (PET)
Mais investigações a serem consideradas

Novos exames

  • técnicas avançadas de imagem óptica

Algoritmo de tratamento

Aguda

câncer retal, adequado para cirurgia

câncer retal, não adequado para cirurgia

câncer de cólon, adequado para cirurgia

câncer de cólon, não adequado para cirurgia

Colaboradores

Autores

David E. Stein, MD, FACS, FASCRS

Regional Chief of Surgery

MedStar Health

Baltimore

MD

Declarações

DES declares that he has no competing interests.

David M. Lisle, MD

Associate Program Director

Department of Surgery

MedStar Franklin Square Medical Center

Baltimore

MD

Declarações

DML declares that he has no competing interests.

Pallavi P. Kumar, MD

Division Director, Medical Oncology

Sinai and Northwest Hospital

LifeBridge Health

Alvin & Lois Lapidus Cancer Institute

Baltimore

MD

Declarações

PPK declares that she has no competing interests.

Kamila A. Nowak-Choi, MD

Department of Radiation Oncology

MedStar Franklin Square Medical Center

Baltimore

MD

Declarações

KANC declares that she has no competing interests.

Agradecimentos

Dr David E. Stein, Dr David M Lisle, Dr Pallavi P Kumarm, and Dr Kamila A Nowak-Choi would like to gratefully acknowledge Dr Juan L. Poggio, Dr Jascha Rubin, Dr Najjia Mahmoud, Dr Emily Carter Paulson, Dr Gary Atkin, Dr Anne Ballinger, Dr Mark O'Hara, Dr Mark Harrison, and Dr Robert Glynne-Jones, previous contributors to this topic.

Declarações

JLP, JR, NM, ECP, MOH, GA, and AB declare that they have no competing interests. MH is the chair of the Mount Vernon Upper GI Tumour Site Specific Group and a member of the National Cancer Research Institute anal, rectal, and advanced colorectal groups. He has also received honoraria for speaking and has been supported to attend international meetings in gastrointestinal (GI) cancer from Roche. He has also received research funding from Pfizer for a trial in rectal cancer. RGJ is the chief medical adviser to the charity Bowel Cancer UK. He has received honoraria for lectures from Roche, Sanofi, and Pfizer. He has received funding for the EXTRA study, involving capecitabine and radiotherapy in anal cancer, published in the International Journal of Radiation Biology Physics. RGJ has also received funding and free cetuximab for an ongoing phase 1/2 study integrating cetuximab into chemoradiation in rectal cancer, and has an agreement from Roche to supply bevacizumab for 3 months to 60 patients in one randomised phase 2 study as neoadjuvant chemotherapy in rectal cancer (BACCHUS). He has also been supported by Roche to attend international meetings in GI cancer.

Revisores

Susan Clark, BChir, MB

Consultant Colorectal Surgeon

St Mark's Hospital and Academic Institute

Northwick Park

Middlesex

UK

Declarações

SC declares that she has no competing interests.

Steven Wexner, MD, FACS, FRCS, FRCS Ed, FASCRS, FAC

Chief of Staff

Chairman

Department of Colorectal Surgery

Cleveland Clinic

Weston

FL

Declarações

SW declares that he has no competing interests.

  • Diagnósticos diferenciais

    • Síndrome do intestino irritável
    • Colite ulcerativa
    • Doença de Crohn
    Mais Diagnósticos diferenciais
  • Diretrizes

    • The American Society of Colon and Rectal Surgeons clinical practice guidelines for the treatment of colon cancer
    • Treatment for brain metastases: ASCO-SNO-ASTRO guideline
    Mais Diretrizes
  • Folhetos informativos para os pacientes

    Câncer de intestino: devo fazer rastreamento?

    Câncer de intestino: o que é?

    Mais Folhetos informativos para os pacientes
  • padlock-lockedConectar-se ou assinar para acessar todo o BMJ Best Practice

O uso deste conteúdo está sujeito ao nosso aviso legal