Complicações

Complicações table
ComplicaçãoPeríodo de ocorrênciaProbabilidade

cegueira

curto prazoMédias

Causada pela oclusão da artéria central da retina por invasão fúngica. O dano é irreversível. Em caso de comprometimento da órbita, o tratamento inclui enucleação.

insuficiência renal relacionada à anfotericina B

variávelalta

A toxicidade tubular causa desequilíbrio eletrolítico, como hipocalemia, hipomagnesemia e hipocalcemia. O uso de formulações lipossomais ou lipídicas minimizam a disfunção renal e a toxicidade.[35]

infarto cerebral

variávelMédias

A proliferação dos esporos após a invasão vascular produz hifas. Em seguida, essas hifas corroem o endotélio vascular, causando trombose e infarto do tecido.[54] Esses eventos inflamatórios causam trombose do corpo cavernoso e da artéria carótida interna.

abscesso cerebral

variávelMédias

A trombose dos vasos cerebrais causa necrose do tecido, resultando na formação de abscesso. Os sintomas usuais incluem deficits focais e convulsões. O tratamento é drenagem cirúrgica e terapia medicamentosa prolongada.

trombose do seio cavernoso

variávelbaixa

Oftalmoplegia associada a dor ocular significativa, proptose, quemose e cefaleia significa uma provável presença de trombose do corpo cavernoso. Terapia clínica precoce e terapia cirúrgica adequada são essenciais. O papel da anticoagulação é controverso.

hemorragia intracraniana

variávelbaixa

Ocorre pelo desenvolvimento de aneurisma micótico ou abscesso fúngico. Isso pode causar hemorragia subaracnoide e hematoma intracraniano.[55]

O uso deste conteúdo está sujeito ao nosso aviso legal