Evidência

Tabelas de evidência

Esta tabela é um sumário da análise relatada em uma Resposta Clínica Cochrane que enfoca a importante questão clínica acima.


A confiança nas evidências é alta ou moderada a alta quando o GRADE foi realizado, podendo não haver nenhuma diferença nas efetividades entre a intervenção e a comparação para desfechos importantes.


População:Adultos (idade média de 53 a 79 anos) com insuficiência cardíaca

Intervenção:Telemedicina (inclui monitoramento remoto com sistema de alerta a profissionais da saúde, revisão clínica automática de dados e/ou videoconferências para avaliação do paciente e educação e suporte de autocuidado) com ou sem os cuidados habituais

Comparação:Cuidados habituais (quando relatados: visitas domiciliares de enfermagem ou tratamento farmacológico)

DesfechoEficácia (classificação do BMJ)?Confiança na evidência (GRADE)?

Mortalidade por todas as causas no acompanhamento médio de 6 meses ᵃ

Nenhuma diferença estatisticamente significativa

Alto

Qualidade de vida específica da doença no acompanhamento médio de 3 meses

Intervenção favorável

Moderado

Internação hospitalar por todas as causas no acompanhamento médio de 8 meses: monitoramento com análise clínica dos dados

Desconhecido ᵇ

Moderado

Internação hospitalar por todas as causas no acompanhamento médio de 8 meses: monitoramento com alertas

Desconhecido ᶜ

Moderado

Insuficiência cardíaca e/ou internações relacionadas a problemas cardiovasculares em 3-12 meses de acompanhamento

Desconhecido ᵈ

Avaliação GRADE não realizada para este desfecho

Visitas ao pronto-socorro ou unidades de pronto atendimento no acompanhamento médio de 4 meses

Nenhuma diferença estatisticamente significativa

Avaliação GRADE não realizada para este desfecho

Duração da internação no acompanhamento médio de 6 meses

Nenhuma diferença estatisticamente significativa

Avaliação GRADE não realizada para este desfecho

Duração da internação relacionada à insuficiência cardíaca no acompanhamento médio de 6 meses

Nenhuma diferença estatisticamente significativa

Avaliação GRADE não realizada para este desfecho

Efeitos adversos

-

Nenhum dos estudos identificados pela revisão avaliou este desfecho

Nota

ᵃ A Resposta Clínica Cochrane (CCA) observa que a redução da mortalidade com a telemedicina não alcançou significância estatística.

ᵇ Resultados relatados de maneira narrativa (2 ECRCs com 156 indivíduos; 1 favorável à telemedicina e outro não relatou diferença estatisticamente significativa entre os grupos de tratamento).

ᶜ Resultados relatados de maneira narrativa (9 ECRCs com 4373 indivíduos; nenhum relatou diferença estatisticamente significativa entre os grupos de tratamento; exceto 1 que foi favorável à telemedicina).

ᵈ Resultados relatados de maneira narrativa (16 estudos com 3236 indivíduos; 3 estudos relataram uma redução na insuficiência cardíaca e/ou internações relacionadas a problemas cardiovasculares com a telemedicina; os demais estudos relataram taxas similares de internação entre os grupos de tratamento).

Esta tabela de evidências está relacionada às seguintes seções:

Respostas Clínicas Cochrane

O uso deste conteúdo está sujeito ao nosso aviso legal