Caso clínico

Caso clínico #1

Uma mulher egípcia de 32 anos de idade, anteriormente saudável e que cria galinhas em seu quintal, desenvolveu agudamente uma fadiga generalizada e febre de >38.8 °C (102 °F) por 2 dias. Ela apareceu com tosse, produção de escarro sanguinolento, dispneia e dor torácica pleurítica. Ela também apresentou dor abdominal vaga, bem como com um pouco de diarreia aquosa. Seu estado respiratório decaiu nos 2 dias seguintes, fazendo com que sua família a levasse imediatamente para o hospital. Uma radiografia torácica mostrou condensação multilobar. A contagem plaquetária e de linfócitos estava baixa e a de aspartato transaminase (AST) e alanina aminotransferase (ALT) estava alta. Nenhum outro membro da família esteve doente. Eles relataram que muitas aves estavam doentes ou morreram na região ultimamente, e que a paciente preparou e comeu recentemente galinhas que aparentavam estar doentes.

Caso clínico #2

Um homem de 55 anos de idade, norte-americano de origem vietnamita, com hipertensão, desenvolveu febre progressiva, tosse produtiva e dispneia logo após retornar do Sudeste Asiático para os EUA no inverno. Ele passou os 3 meses anteriores em uma área rural do Vietnã. Sua família relatou que estavam ocorrendo mortes disseminadas entre as aves no vilarejo onde ele ficou. Ele teve contato com aves de quintal que morreram 5 dias antes do início dos sintomas, e comprou recentemente galinhas e patos vivos em um mercado de aves vivas. Ele está taquipneico, com uma saturação de oxigênio de 90% e apresenta murmúrios vesiculares diminuídos na base posterior do pulmão esquerdo. Uma radiografia torácica demonstra condensação no lobo inferior esquerdo. Os achados de exames laboratoriais incluem leucocitose, anemia, trombocitose e hipoxemia.

Outras apresentações

O início da doença se manifesta com sinais e sintomas consistentes com uma infecção febril do trato respiratório superior. A progressão clínica para doença do trato respiratório inferior grave geralmente ocorre em pacientes por volta dos dias 3 a 6. [18] Pode haver insuficiência de múltiplos órgãos.[19] Foram reportadas encefalite e meningoencefalite.[20][21] Uma doença clinicamente leve (febre e sintomas de infecção do trato respiratório superior) foi documentada, especialmente em crianças encaminhadas para tratamento precoce, no Egito e em outros países.[22][23][24] A maioria dos pacientes, ao serem internados, apresentam febre e achados clínicos semelhantes aos de pneumonia grave adquirida na comunidade.[25]

O uso deste conteúdo está sujeito aos nossos avisos legais