Investigações

Primeiras investigações a serem solicitadas

Exame
Resultado
Exame

Um novo episódio de opacidades bilaterais que não é totalmente explicado por derrames, colapso lobar/pulmonar ou nódulos faz parte dos critérios de diagnóstico clínico para SDRA.[1] Portanto, a radiografia torácica é 100% sensível.

A especificidade é insatisfatória porque outras condições podem causar infiltrados pulmonares bilaterais, incluindo edema pulmonar cardiogênico e hemorragia alveolar difusa.com.bmj.content.model.Caption@648731ab[Figure caption and citation for the preceding image starts]: Imagem de radiografia torácica de infiltrados bilaterais em um paciente com síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA)Do acervo pessoal da Dra. Lorraine Ware; usado com permissão [Citation ends].

Resultado

infiltrados bilaterais

Exame
Resultado
Exame

Um razão PaO₂/FiO₂ (oxigênio inspirado) de ≤300 na pressão expiratória final positiva (PEEP) ou pressão positiva contínua nas vias aéreas (CPAP) ≥5 cm H₂O é parte dos critérios de diagnóstico para SDRA.[1]

É 100% sensível, mas a especificidade não é satisfatória, pois muitas outras condições causam hipoxemia.

Resultado

baixa pressão parcial de oxigênio

Exame
Resultado
Exame

Culturas de escarro são recomendadas para verificar qualquer possível infecção subjacente (já que sepse é a causa mais comum de SDRA).

Resultado

positivas se houver infecção subjacente

Exame
Resultado
Exame

Hemoculturas são recomendadas para verificar qualquer possível infecção subjacente (já que sepse é a causa mais comum de SDRA).

Resultado

positivas se houver infecção subjacente

Exame
Resultado
Exame

Urocultura é recomendada para verificar qualquer possível infecção subjacente (já que sepse é a causa mais comum de SDRA).

Resultado

positivas se houver infecção subjacente

Exame
Resultado
Exame

A amilase e a lipase séricas podem ser usadas para ajudar a determinar se o paciente tem pancreatite aguda, uma causa comum de SDRA.[48] Os dois testes têm sensibilidade e especificidade parecidas, mas os níveis de lipase continuam elevados por mais tempo (até 14 dias após o início dos sintomas vs. 5 dias para a amilase).[46] Sua elevação prolongada cria uma janela de diagnóstico mais ampla do que a amilase.

Resultado

amilase e/ou lipase 3 vezes o limite superior da faixa normal em casos de pancreatite aguda

Investigações a serem consideradas

Exame
Resultado
Exame

Níveis de PNB <100 nanogramas/L (<100 picogramas/mL) tornam a insuficiência cardíaca improvável e, portanto, a síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA) é mais provável.

Níveis de PNB >500 nanogramas/L (>500 picogramas/mL) tornam a insuficiência cardíaca provável e, portanto, a SDRA é menos provável.

Níveis de PNB entre 100 e 500 nanogramas/L (100 e 500 picogramas/mL) não são determinantes.

Os níveis de PNB podem ser difíceis de interpretar em pacientes com insuficiência renal aguda ou crônica. Contudo, os níveis de PNB devem ser <200 nanogramas/L (<200 picogramas/mL) em pacientes sem insuficiência cardíaca com taxa de filtração glomerular estimada <60 mL/minuto.

Resultado

níveis de PNB <100 nanogramas/L (<100 picogramas/mL)

Exame
Resultado
Exame

Anormalidade na função sistólica ou diastólica do ventrículo esquerdo sugere edema pulmonar cardiogênico em vez de SDRA.

Alguns pacientes podem apresentar SDRA e disfunção cardíaca.

Resultado

geralmente normais

Exame
Resultado
Exame

POAP ≤18 mmHg sugere SDRA.

O cateterismo da artéria pulmonar não deve ser usado como procedimento de rotina no manejo de pacientes com SDRA.

Pode ser usado para determinar se o edema pulmonar é cardiogênico caso o diagnóstico ainda seja duvidoso após medir os níveis de BNP e realizar uma ecocardiografia.

Alguns pacientes podem apresentar uma pressão diastólica final do ventrículo esquerdo aumentada sobreposta na SDRA. Por essa razão, as medidas da POAP não são mais incluídas na definição da SDRA.[1]

No ensaio Network FACTT da SDRA, aproximadamente 20% dos pacientes apresentaram POAP inicial >18 mmHg, apesar de elevações >24 mmHg terem sido incomuns.[41]

Resultado

pressão de oclusão da artéria pulmonar (POAP) ≤18 mmHg

Exame
Resultado
Exame

Recomendado para alguns pacientes com suspeita de pneumonia e para aqueles sem fatores predisponentes definidos, a fim de descartar uma doença pulmonar parenquimatosa não infecciosa.

Deve ser evitado em pacientes com suspeita de SDRA associada à COVID-19.[43]

Resultado

identificação de patógenos infecciosos; achados característicos de diagnósticos alternativos

Exame
Resultado
Exame

A TC do tórax não é um procedimento de rotina necessário para o diagnóstico ou manejo da SDRA. Uma TC fornece mais informações que a radiografia torácica simples e pode ser útil em alguns casos para diagnosticar pneumonia ou outra doença pulmonar subjacente.

Resultado

pode ser útil para identificar causas pulmonares da SDRA, como a pneumonia

O uso deste conteúdo está sujeito ao nosso aviso legal