Epidemiologia

No mundo todo, estima-se que 1 bilhão de pessoas sejam hipertensas, com uma estimativa de 7.1 milhões de mortes por ano.[8] A hipertensão está se tornando um problema cada vez mais comum, em decorrência do aumento da longevidade e da prevalência de fatores contribuintes, como obesidade, sedentarismo e dieta pouco saudável.[9][10] A prevalência em muitos países em desenvolvimento, particularmente nas sociedades urbanas, já é tão elevada quanto a observada em muitos países desenvolvidos.[11]

Estima-se que a prevalência da hipertensão essencial nos EUA atualmente seja de cerca de 70 milhões de pessoas, em comparação com 50 milhões de pessoas em 1990.[12][13] Com base nos dados da National Health and Nutrition Examination Survey (pesquisa nacional de avaliação da saúde e nutrição, NHANES), a prevalência é mais elevada em mulheres negras, que também desenvolvem a hipertensão em idade mais precoce que outros grupos.[14][15] A prevalência é maior em norte-americanos brancos do que em norte-americanos de origem mexicana.[15][16] A incidência aumenta com a idade em pessoas de todas as ascendências e em ambos os sexos. A prevalência é maior em homens que em mulheres antes dos 45 anos de idade, igual de 45 a 64 anos de idade e maior em mulheres que em homens de 65 anos de idade.[15] O risco de desenvolver a doença é de 90% para homens e mulheres que eram normotensos até os 55 anos de idade e sobrevivem até os 80 anos.[17]

Com base na definição de hipertensão do American College of Cardiology/American Heart Association (ACC/AHA), a prevalência de hipertensão nos EUA aumentou de 32% para 46%, sendo que mais de 103 milhões de pessoas apresentam o quadro clínico.[5] A prevalência quase triplica entre todos os homens de 20 a 44 anos de idade (aumento de 11% para 30%) e dobra entre mulheres com menos de 45 anos de idade (de 10% para 19%). A prevalência de hipertensão é maior em afro-americanos do que em norte-americanos brancos e de origem asiática e hispânica.[5] AHA Centers for Health Metrics and Evaluation: 2017 hypertension guidelines visualisation  external link opens in a new window 

O uso deste conteúdo está sujeito aos nossos avisos legais