Complicações

Complicações table
ComplicaçãoPeríodo de execuçãoProbabilidade

doença arterial coronariana

longo prazoalto

Para cada aumento de 20/10 mmHg na pressão arterial (PA), existe um aumento em dobro da mortalidade relativa à cardiopatia isquêmica ou acidente cardiovascular (ACV).[145] Como em todas as outras complicações associadas e comorbidades, o controle agressivo da PA, em conjunto com terapia específica para o quadro clínico individual, pode retardar a progressão da doença.

acidente vascular cerebral

longo prazoalto

O risco de desenvolver acidente vascular cerebral (AVC) varia linearmente com a PA e o controle da PA reduz o risco de AVC recorrente.[146]

hipertrofia ventricular esquerda

longo prazoalto

A HVE na ecocardiografia é observada em mais de 30% dos pacientes hipertensos.[150]

Vinculada à morbidade e mortalidade cardiovascular.[151] Os padrões de HVE variam com base nas condições da carga hemodinâmica.[152]

insuficiência cardíaca congestiva

longo prazomédio

Pacientes com hipertensão têm 3 vezes mais probabilidade de desenvolver insuficiência cardíaca congestiva (ICC) (disfunção sistólica ou diastólica) do que pacientes normotensos.[147]

Inibidores da enzima conversora da angiotensina (ECA), antagonistas do receptor de angiotensina-II e betabloqueadores trazem benefícios à diminuição da mortalidade. Os diuréticos não o fazem, mas diuréticos de alça são frequentemente usados para alívio dos sintomas de sobrecarga hídrica.

O bloqueio de aldosterona tem sido associado à diminuição da fibrose dos órgãos-alvo.[94]

retinopatia

longo prazomédio

A hipertensão é independentemente associada à retinopatia.

A hipertensão também é um importante fator de risco para o desenvolvimento de outras doenças vasculares da retina, como oclusão da veia ou da artéria retiniana ou neuropatia óptica isquêmica.

doença arterial periférica

longo prazomédio

O tratamento da hipertensão em pacientes com doença arterial periférica reduz o risco de infarto do miocárdio (IAM), AVC ou insuficiência cardíaca congestiva (ICC).

doença renal crônica

longo prazomédio

A hipertensão está intimamente associada ao desenvolvimento de doença renal e doença renal em estágio terminal (DRET). Entretanto, embora muitos pacientes hipertensos desenvolvam um grau leve de nefroesclerose, poucos progridem para DRET.[153]

Em indivíduos negros, observa-se uma evolução mais maligna da doença renal hipertensiva que em indivíduos brancos.[154]

dissecção da aorta

longo prazobaixo

Mais de 70% dos pacientes com dissecção da aorta têm história de hipertensão.

Apesar dos métodos aperfeiçoados de diagnóstico e da maior conscientização, a dissecção da aorta permanece associada a altas taxas de mortalidade, particularmente dissecções proximais (tipo A).[148][149]

hipertensão maligna

variávelbaixo

Hipertensão essencial não diagnosticada ou não tratada adequadamente é a causa mais comum de emergência hipertensiva.[155]

O uso deste conteúdo está sujeito aos nossos avisos legais