Informações ao paciente da BMJ


COPD: what is it?

Última publicação:Feb 26, 2019

DPOC significa doença pulmonar obstrutiva crônica. Isso significa que o dano pulmonar está impedindo seus pulmões de trabalharem tão bem quanto costumavam. Não existe uma cura, mas há tratamentos que podem ajudar a impedir que o processo se agrave.

Examinamos as melhores e mais atualizadas pesquisas para produzir essas informações. Você pode usá-las para conversar com seu médico e decidir quais são os tratamentos certos para você.

O que é DPOC?

Se você tem DPOC, as vias aéreas em seus pulmões vêm sendo danificadas ao longo de muitos anos. Esse dano geralmente é causado pelo tabagismo. Mas outras coisas podem causar DPOC, incluindo a inalação de outras substâncias químicas venenosas (possivelmente devido à longa exposição à poluição atmosférica intensa) e algumas condições genéticas hereditárias.

Há dois tipos principais de dano pulmonar que causam a DPOC. Um deles é a bronquite, onde suas vias aéreas ficam estreitas e inflamadas, dificultando a respiração. Seus pulmões também podem produzir muito muco, o que causa tosse.

A bronquite causada pela DPOC dura muito tempo. Não é o mesmo que ter bronquite causada por uma infecção.

O outro tipo de dano é o enfisema. Isso faz com que partes dos seus pulmões se tornem menos elásticas, de modo que não retenham o ar adequadamente. Quando você expira, um pouco do ar fica preso nos seus pulmões. Então, você não obtém a quantidade total de ar fresco quando inspira.

Ter DPOC pode significar que você tem bronquite ou enfisema, ou ambos ao mesmo tempo.

Quais são os sintomas?

Os principais sintomas da DPOC são tosse e dispneia. Sua tosse pode durar muito tempo. E você pode ficar sem fôlego fazendo atividades cotidianas, como passear ou fazer trabalhos domésticos.

Às vezes, você pode ter ataques quando os sintomas da DPOC repentinamente se agravam mais que o normal. Os médicos chamam isso de exacerbações.. Se você sentir dificuldade para respirar, você deve sempre consultar um médico ou ir ao hospital imediatamente.

Se você fuma, pode ter se acostumado a tossir e achar que isso é normal. Mas a tosse pode ser um sinal de dano pulmonar, por isso é importante que seja verificada por um médico.

O que vai acontecer comigo?

É difícil dizer o que vai acontecer com você como indivíduo. Os tratamentos não podem reparar os danos nos pulmões, mas podem ajudar a impedir que se agravem. Algumas pessoas vivem com uma DPOC que permanece igual durante anos. Para outras pessoas, a DPOC se agrava rapidamente.

Abandonar o hábito de fumar ajuda a diminuir os danos causados pela DPOC. Também há uma maior probabilidade de você manter-se bem se não tiver outras doenças sérias, se sua família não tiver história de problemas pulmonares e se os sintomas não forem graves quando você receber tratamento pela primeira vez.

Tentar manter um peso saudável pode ajudar com os seus sintomas. Por exemplo, pessoas que estão abaixo do peso tendem a se sentir piores, por isso é importante comer regularmente e manter suas forças. Por outro lado, se você está acima do peso, perder algum peso pode ajudá-lo a respirar mais facilmente.

Não é de se surpreender que a DPOC possa levar à depressão em algumas pessoas. Converse com seu médico se você se sentir deprimido. Existem tratamentos que podem ajudar.

Seu médico deve examiná-lo pelo menos a cada seis meses, dependendo da gravidade dos seus sintomas. Estes check-ups regulares ajudam o seu médico a monitorar se a sua medicação está sendo tão eficaz quanto deveria.

Onde obter mais ajuda ou apoio

A DPOC é uma afecção grave e você pode descobrir que obter ajuda e apoio facilita sua vida. Vários grupos de apoio e instituições de caridade oferecem ajuda e aconselhamento às pessoas com DPOC. Por exemplo, no Reino Unido, a British Lung Foundation (blf.org.uk) administra os grupos de pacientes do Breathe Easy para pessoas com problemas respiratórios, bem como uma linha de ajuda.

O uso deste conteúdo está sujeito ao nosso aviso legal